Cansada de não fazer nada

Essa frase utilizada por muitos (á toas como eu) do título descreve meus últimos dias. Muitos podem falar que é bobagem, mas chega uma hora que enche o saco não ter nenhuma obrigação. E esse post segue o que eu disse no A procrastinação gerada pelo ócio (já perceberam como eu sempre cito algum post anterior?).

Continuar lendo

Teoria para o meu sonho repetitivo

Há mais de um mês o meu amigo (que é um dos poucos que eu acho que realmente lê meu blog – crise existencial rs) me deu uma ideia de fazer esse post, mas como eu comentei no post anterior, eu estava meio desanimada  (e ainda estou) para fazer qualquer coisa, porém eu decidi deixar a preguiça de lado e tomar vergonha na cara para falar sobre isso logo.