Cansada de não fazer nada

Essa frase utilizada por muitos (á toas como eu) do título descreve meus últimos dias. Muitos podem falar que é bobagem, mas chega uma hora que enche o saco não ter nenhuma obrigação. E esse post segue o que eu disse no A procrastinação gerada pelo ócio (já perceberam como eu sempre cito algum post anterior?).

No post citado, eu disse que:

[…] quando você tem que seguir uma rotina do tipo ir para a escola/trabalho/tudo menos ficar à toa em casa qualquer coisa que te faça fugir da mesmice tem que ser feito logo, porém, se você você não segue esse tipo de rotina, e sim uma cheia de tempo vago, […] você acaba adiando, porque você sabe que vai ter mais tempo depois, só que o depois nunca chega. O resultado é passar o dia inteiro adiando fazer coisas e procurando novas coisas para adiar, criando assim um ciclo procrastinatório (se por acaso essa expressão existir) eterno.

 

E é exatamente disso que eu to cansada. Quando você não tem a obrigação de fazer algo, você costuma só adiar, e acaba não fazendo nada, e isso cansa. Parece que não, mas seguir uma rotina (não precisa ser uma rotina cheia de compromisso) é algo bom, ocupa sua cabeça, e você se sente mais produtivo.

Por isso, eu estou tentando criar uma rotina para mim, mesmo que eu ainda esteja falhando um pouco. Estou tentando acordar todo dia no mesmo horário, que não é super cedo mas também não é meio-dia (até porque eu não gosto de acordar nesse horário, sinto que perdi boa parte do meu dia), estou praticando atividades que eu gosto, para além de meu ocupar me aprimorar, e até voltei a caminhar, também porque eu estava precisando de alguma atividade física para não me tornar uma sedentária completa.

Mas por enquanto eu estou só tentando, depois de passar mais de cinco meses (caramba, isso tudo?) de “férias” fica difícil entrar novamente em uma rotina, porém eu tenho que me acostumar para não levar um choque quando eu voltar a estudar.

E espero que isso não demore (tomara que a UFES não entre de greve novamente, se não nem saberei mais como é estar em uma sala de aula), mas até lá, o jeito é criar uma rotina básica para não morrer de tédio.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s