O dia em que meu nojo por ovo aumentou

Gostando ou não, você tem que admitir que ovo é algo extremamente nojento, mas extremamente mesmo. Não importa se é cru, frito, cozido ou mexido, ele sempre fica nojento e, principalmente, fedido. Sério, ovo fede de mais, e esses são os motivos para eu detestar ovo (o fedor e o quão nojento eles são). E esses também são os motivos pelos quais se escolhe o ovo para jogar contra seus mais queridos amigos que completam mais um ano de vida.
Nesse último domingo, dia 29, eu completei o meu décimo sétimo ano de vida. E eu mais meus amigos resolvemos  comemorar o meu aniversário, e de uma outra amiga também (que fez aniversário na quarta, dia 2), na sexta-feira. No mês passado outra amiga desse mesmo grupo teve uma festa surpresa planejada por nós, e além da festa também teve uma outra surpresinha que ela provavelmente não gostou tanto quanto a festa. Ovos. ovos e pó de café. Jogamos quando ela estava indo embora, e acho que fizemos ela perder o vestido novo que estava usando (o que não era nossa intenção). Mas eu vou parar de enrolar e passar logo para o que aconteceu na sexta.
Sexta a tarde nos reunimos na casa da outra amiga (a que fez aniversário na quarta), comemos pizza, “bolo” de palha italiana, ficamos falando mal dos outros, “Marco! Pizza! Pepperoni!”(quem estava lá entende essa parte), tudo estava muito divertido. Divertido até o momento em que, pelo menos eu, menos esperava no dia.

Como eu disse no parágrafo acima desse de cima aí, nós jogamos ovos e pó de café na nossa pobre amiguinha, e depois disso, nós combinamos que em todos os próximos aniversários do pessoal do grupo teria ovada. E por que o meu tinha que ser justo o próximo? Pelo menos eu não estava sozinha nessa, a outra amiga (do aniversário da quarta) também levaria.

Por ordem cronológica (meu aniversário vem primeiro) eu fui a primeira, e logo quando chegamos na praia (na praia fica menos vergonhoso, eu acho) me vi metralhada por ovos, todos direcionados na minha cabeça, vocês não sabem o sacrifício que foi para tirar aquelas cascas nojentas depois. Logo depois fui bombardeada co pó de café, que jogaram concentrado em uma região da minha cabeça. E nem demorou muito para pegarmos mais ovos para, dessa vez, jogar na outra amiga, que se encontrava fugindo por não querer ter o mesmo destino que eu. Mas conseguiram segura-lá e ela teve o mesmo destino que eu tive, porém com menos pó de café e mais ovos. Resumindo, experiência horrível, só para constar, essa foi a primeira vez que levei ovada, e eu não recomendo para ninguém, mas é lógico que também jogarei nos meus amiguinhos, para eles eu recomendo.

Lógico que fizemos questão de deixar todo mundo sujo também

Depois nos jogamos no mar, para tirar aquele cheiro terrível (ainda bem que tinha café, o que ajudou a cortar o fedor do ovo) e aquela gosma nojenta de nossos corpos. E posso dizer que essa foi uma das partes  mais divertidas.

E depois tivemos que voltar molhados para casa, ainda bem que eu moro bem perto da parte da praia em que fizemos isso.

Pensando bem, até que foi divertido, mesmo com a parte do ovo e do café, foi uma das melhores comemorações de aniversário que eu já tive, e espero ter várias outras assim também(tirando o ovo, lógico). Ah, e isso com certeza só fez o meu nojo por ovo super aumentar.

E um presentinho ai para vocês: o vídeo que fizemos da nossa ovada, nele dá para vocês perceberem como nós só falamos merda.

P.S.: Eu só demorei para fazer esse post porque ainda não tinha o vídeo.

Anúncios

2 respostas em “O dia em que meu nojo por ovo aumentou

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s